Fale no Whatsapp

81 9 8874-5801

Outubro Rosa: mês de conscientização e prevenção do câncer de mama

O mês de outubro é conhecido mundialmente como um mês marcado por ações afirmativas relacionadas à prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama.

O objetivo da campanha é compartilhar informações sobre o câncer de mama e, mais recentemente, câncer do colo do útero, promovendo a conscientização sobre as doenças, proporcionando maior acesso aos serviços de diagnóstico e contribuindo para a redução da mortalidade.

Você provavelmente já viu o símbolo do laço rosa, e é exatamente desse símbolo que dá nome para a campanha do Outubro Rosa. O laço é um símbolo internacional usado para relembrar a importância da prevenção do câncer de mama.

Continue sua leitura e descubra mais sobre o Outubro Rosa!

 

História da Campanha Outubro Rosa

Criada na década de 1990, a campanha tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce. 

O Outubro Rosa se iniciou com a "Corrida pela cura", evento realizado em Nova Iorque, com o intuito de arrecadar fundos para a pesquisa realizada pela instituição Susan G. Komen Breast Cancer Foundation.

Sem envolvimento de instituições públicas ou privadas, o evento cresceu no país e a partir de certo momento, passou a se espalhar para o restante do planeta.

No Brasil, a primeira ação com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce aconteceu em 2002 em São Paulo, com a iluminação cor-de-rosa do Obelisco Mausoléu ao Soldado Constitucionalista, no parque Ibirapuera.

 

O câncer de mama

Causado pela multiplicação desordenada das células da mama, o câncer de mama acontece quando esse processo acaba por gerar células anormais que se multiplicam, formando um tumor.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres, no Brasil e no mundo, correspondendo a cerca de 25% dos novos casos de câncer a cada ano.

Há vários tipos de câncer de mama. Por isso, a doença pode evoluir de diferentes formas. Alguns tipos têm desenvolvimento rápido, enquanto outros crescem mais lentamente. Esses comportamentos distintos se devem a característica próprias de cada tumor. Apesar de ser raro, a doença também pode acometer os homens, os casos representam 1% do total da doença.

 

Diagnóstico precoce pode salvar vidas

Desmistificar o câncer de mama é fundamental para combatê-lo: nos últimos anos, a taxa de mortalidade da doença caiu mais de 40%, e o diagnóstico precoce foi essencial para isso. Afinal, um tumor diagnosticado em estágio inicial chega a ter mais 90% de chance de cura.

O câncer de mama pode apresentar diversos sintomas, mas pode também ser assintomático para muitas mulheres. Por isso, é fundamental que a mulher conheça seu corpo e perceba suas alterações. Além de manter a visita ao clínico geral em dia, realizando check-ups frequentemente, é necessário tomar alguns cuidados e manter uma vida com hábitos saudáveis. Entre os cuidados que podem ajudar a evitar o câncer de mama, estão:

- Controle do peso;

- Prática de atividade física;

- Evitar bebidas alcoólicas;

- Evitar o uso de hormônios por tempo prolongado;

- Não fumar;

- Quando tiver filhos, amamentar por um longo período;

- Beber bastante água.

 

Sintomas do câncer de mama

Reforçando a importância da mulher conhecer o seu corpo, alguns sintomas do câncer de mama podem ser percebidos pelo próprio paciente. Esses são os principais sintomas do câncer de mama que deve-se ficar atento:

- Nódulo na mama;

- Inchaço em parte da mama semelhante à casca de laranja;

- Irregularidades ou retrações na pele da mama;

- Dor ou inversão do mamilo;

- Vermelhidão e descamação do mamilo, ou na pele da mama;

- Saída de secreção pelo mamilo, particularmente se for sanguinolenta ou translúcida;

- Nódulo nas axilas;

A mamografia é o exame que vai detectar o câncer na mama, e a idade ideal para se fazer a primeira mamografia é aos 40 anos. Após a primeira mamografia, caso esta não apresente irregularidades, o exame deverá seguir periodicidade anual.

O câncer de mama, assim como todos os demais tipos de câncer, acontece devido a uma alteração genética. Essa alteração pode ocorrer ao longo da vida, em razão de condições externas, ou pode ser herdada dos pais.

Por isso, mulheres que possuem histórico familiar de câncer de mama devem conversar com seu médico e iniciar os exames de prevenção quanto antes.

 

O Câncer de mama, tratamento e cura

O câncer de mama é diferente para cada caso, em cada mulher. Dessa maneira, o tratamento também deverá variar.

A cirurgia é indicada a todos os pacientes, entretanto, o restante do tratamento, que pode envolver quimioterapia e radioterapia, será baseado na avaliação clínica individual de cada caso, assim como no resultado do exame de biópsia.

Com a realização do tratamento recomendado, acompanhamento do médico e exames de controle, assim como o acompanhamento pós-tratamento, as chances de cura aumentam.

 

Outubro Rosa é sobre prevenção!

O diagnóstico precoce salva vidas! Quando a doença é detectada precocemente, 90% dos casos têm chance de cura. Dessa maneira, a campanha Outubro Rosa procura desmistificar essa doença, criando um ambiente seguro e saudável no qual a mulher se sinta confortável para se cuidar.

 

Procure o seu médico especialista e agende seu exame no Boris Berenstein.


 

O que falam sobre o
Boris Berenstein?

O centro de disgnóstico Boris Berenstein é lembrado e premiado por vários anos consecutivos em primeiro lugar nas pesquisas de marcas mais lembradas na categoria diagnóstico por imagem.

Thiago Pedrosa
Olinda

"Completo, excelentes profissionais e atendimento diferenciado! Sem dúvidas melhor centro do Estado!"

Mario Peres
Olinda

"Atendimento sem igual, cuidado e atenção a todos os pacientes!"

Rosymary Câmara
Olinda

Recomendo. Boris é tudo de bom. No segmento saúde em Pernambuco.

Blog da Boris

O que é Esteatose Hepática? Entenda mais sobre a gordura no fígado Ler mais
Saiba como identificar um infarto, conheça os 10 sintomas mais comuns Ler mais

O Centro de Diagnóstico Boris Berenstein garante que os dados pessoais fornecidos pelo cliente nunca serão repassados a terceiros e nem utilizados sem sua prévia autorização, a não ser que requeridos por lei. Os conteúdos serão publicados e validados internamente por profissionais da Centro de Diagnóstico Boris Berenstein. Porém, somente sua leitura não dispensa a busca por orientação médica. A informação recolhida por meio de cookies da ferramenta Analytics fica armazenada para utilização exclusiva do Centro de Diagnóstico Boris Berenstein, com o objetivo de acompanhar as interações dos usuários e aprimorar este canal de comunicação.

O Centro de Diagnóstico Boris Berenstein garante que os dados pessoais fornecidos pelo cliente nunca serão repassados a terceiros e nem utilizados sem sua prévia autorização, a não ser que requeridos por lei. Os conteúdos serão publicados e validados internamente por profissionais da Centro de Diagnóstico Boris Berenstein. Porém, somente sua leitura não dispensa a busca por orientação médica. A informação recolhida por meio de cookies da ferramenta Analytics fica armazenada para utilização exclusiva do Centro de Diagnóstico Boris Berenstein, com o objetivo de acompanhar as interações dos usuários e aprimorar este canal de comunicação.

App Boris Berenstein