• Unidade Arcoverde - R. Arlíndo P. de Albuquerque - São Miguel
    Telefone: (87) 3321 1111
    Aberto das 06:00 às 18:00 de Segunda a Sexta e no Sábado das 06:30 às 12:00
    (81) 99217-8521
  • Unidade Boa Viagem - R. Ribeiro de Brito, 590 - Boa Viagem
    Telefone: (81) 3216 1900
    Aberto das 06:20 às 18:00 de Segunda a Sexta e no Sábado das 06:30 às 12:00
    (81) 99217-8521
  • Unidade Cabo - Av. Pres. Getúlio Vargas, 146 - Centro, Cabo de Santo Agostinho - PE, 54510-430
    Telefone: (81) 3216 1900
    Aberto das 06:20 às 18:00 de Segunda a Sexta e no Sábado das 06:30 às 12:00
    (81) 99217-8521
  • Unidade Derby - R. da Baixa Verde, 409 - Derby
    Telefone: (81) 3216 1900
    Aberto das 06:00 às 19:00 de Segunda a Sexta e no Sábado das 06:30 às 12:00
    (81) 99217-8521
  • Unidade Olinda - Av. José Augusto Moreira, 1183 - Casa Caiada
    Telefone: (81) 3216 1900
    Aberto das 06:20 às 18:00 de Segunda a Sexta e no Sábado das 06:30 às 12:00
    (81) 99217-8521
  • Unidade Piedade - Av. Barreto de Menezes, 800 - Piedade, Jaboatão dos Guararapes - PE, 54325-000
    Telefone: (81) 3216 1900
    Aberto das 07:00 às 18:00 de Segunda a Sexta e no Sábado das 07:00 às 12:00
    (81) 99217-8521

Noticias

Você está em: Home > Noticias > Pernambucana faz estreia em nova categoria e é campeã brasileira de tiro com arco em campeonato realizado esse mês

Pernambucana faz estreia em nova categoria e é campeã brasileira de tiro com arco em campeonato realizado esse mês

A jovem atleta pernambucana de Tiro com Arco, Rebecca Lisboa, moradora de Camaragibe, e que acaba de estrear uma nova fase em sua carreira arrebatou mais um título importante para a sua trajetória no esporte, o de campeã brasileira outdoor 2018, na categoria cadete feminino composto. A atleta, que agora está com 15 anos, acaba de passar pela mudança de categoria, saindo do infantil e migrando para a categoria adulto, fato que a fez encarar maiores desafios, pois passou a disputar provas na mesma distância e sob as mesmas regras estabelecidas para as categorias adultas. A conquista aconteceu este mês no 11º Campeonato Brasileiro de Base 2018, em Belo Horizonte (MG), onde Rebecca não foi só vencedora, como também bateu o recorde da categoria fazendo 597 pontos na fase classificatória da competição, superando em 170 pontos o recorde que antes era de 427.
No próximo mês, a atleta completa 4 anos no esporte. Um ciclo que nasceu quando ainda tinha apenas 11 anos de idade. Iniciou os treinos por influência do pai, que atualmente é também seu técnico, Alberon Lisboa, que competia em provas de tiro com arma de fogo. De lá para cá, a jovem vem conquistando importantes títulos e vitórias. É bicampeã e bi recordista brasileira de tiro com arco. Esse ano, a atleta ainda participará de disputas importantes como a conclusão do Campeonato Brasileiro Indoor Multsite que é realizado por etapas nos Estados federados e no qual a Rebecca está liderando o ranking. Também irá estrear no 44° Campeonato Brasileiro Outdoor Adulto, previsto para novembro, em Maricá (RJ), quando irá enfrentar as atletas de primeiro escalão adulto do ranking brasileiro e internacional. E, para finalizar o ciclo esportivo de 2018, irá participar da segunda edição da Copa Nordeste das Federações de Tiro com Arco, que ocorrerá em dezembro, em Maceió (AL).

Apesar do talento e das muitas conquistas, a atleta enfrenta dificuldades em um esporte com pouca valorização e visibilidade. “Aqui no Brasil não temos uma política de incentivo eficaz aos esportes, sobretudo os de pouca popularidade como é o de tiro com arco e nós temos uma grande dificuldade em atrair patrocinadores”, aponta o treinador e pai, Alberon Lisboa, comentando que por conta das dificuldades financeiras não teve como ousar mais em competições e seletivas para provas internacionais. “Há um ano contamos com o patrocínio do grupo Boris Berenstein Medicina Diagnóstica e do Bolsa Atleta, do Governo de Pernambuco, mas os recursos ainda são insuficientes para bancar todas as despesas com renovação de material e reposição de material não durável, despesas com taxas de clube, filiação em órgão de administração do esporte, competições e despesas para provas fora do Estado. Nossa luta ainda tem sido no sentido de ampliar o patrocínio esportivo, e assim poder transitar por competições internacionais e possibilitar maior visibilidade ao esporte, a atleta e aos patrocinadores”, dispara.

Veja Também:

Julho é o mês de alerta para prevenção do câncer de cabeça e pescoço.

Conheça mais uma novidade, baixe agora nosso APP

O que falam sobre o Boris Berenstein?

Pelo quarto ano consecutivo somos a marca mais lembrada pelos Pernambucanos. Trabalhamos para que você se sinta bem atendido.

  • Thiago Pedrosa

    "Completo, excelentes profissionais e atendimento diferenciado! Sem dúvidas melhor centro do Estado!"

  • Mario Peres

    "Atendimento sem igual, cuidado e atenção a todos os pacientes!"

  • Rosymary Câmara

    "Recomendo. Boris é tudo de bom. No segmento saúde em Pernambuco."