Fale no Whatsapp

5 doenças que podem ser diagnosticadas através do teste ergométrico

Muito utilizado na estratégia de prevenção de doenças cardiovasculares, o teste ergométrico ou teste de esforço, é um exame completo e muito importante para a realização de diagnósticos. Ele revela a resposta cardíaca enquanto o paciente é submetido a um exercício físico de maior intensidade.

 

O teste pode ser indicado pelo médico para identificar problemas cardíacos, avaliar atletas, liberar pacientes para a prática de atividades físicas ou um simples exame de rotina. E claro, ele pode diagnosticar algumas doenças. Você já sabe quais são? Separamos 5 nessa matéria para você aprender, então continue sua leitura!


 

Para que serve o teste ergométrico?

 

O teste ergométrico consegue medir a frequência cardíaca, o ritmo cardíaco, a pressão arterial e outros parâmetros cardiológicos durante a realização de um esforço físico gradual e crescente. Portanto, ele é particularmente útil para investigar doenças cardíacas que não são vistas em um exame de eletrocardiograma tradicional (realizado com o paciente deitado).

 

De acordo com as diretrizes da Sociedade Brasileira de Cardiologia Sobre Teste Ergométrico, o exame também serve para:

 

  • Detectar a isquemia miocárdica, arritmias cardíacas e distúrbios hemodinâmicos induzidos por esforço;

  • Avaliar a capacidade funcional;

  • Avaliação diagnóstica e prognóstica das doenças cardiovasculares;

  • Prescrever exercícios;

  • Avaliação objetiva dos resultados de intervenções terapêuticas;

  • Demonstração ao paciente e familiares de suas reais condições físicas;

  • Perícia médica.

 

Não existe uma periodicidade para a realização deste exame, uma vez que ele é solicitado pontualmente para investigar problemas no coração ou como parte do check up preventivo em grupos de risco. 

 

Por exigir esforço, é preciso cautela extra na realização do teste ergométrico em idosos e pacientes com a capacidade cardíaca comprometida. Em alguns casos, é possível que a pessoa sinta tontura e crises de labirintite durante a caminhada ou corrida. Há ainda certas condições que impedem a realização do teste, especialmente arritmias descontroladas, obstruções nas artérias e embolia pulmonar.  


 

Como é realizado o exame

 

Antes de realizar o teste ergométrico, é necessário que o paciente tome alguns cuidados básicos para garantir sua efetividade, como:

 

  • Utilizar roupas confortáveis e tênis, como se estivesse indo à academia;

  • Evitar consumir produtos com cafeína até 2 horas antes do exame;

  • Evitar fumar 2 horas antes;

  • Não ir em jejum;

  • Evitar comer alimentos pesados antes do exame;

  • Homens com muitos pelos no peito devem fazer depilação antes do exame (pode ser feito pela própria equipe de atendimento para evitar cortes), já que isso dificulta a colocação dos eletrodos;

  • Evitar passar pomadas ou gel na região torácica no dia do exame.


 

Outro detalhe sobre esse exame é que sua indicação depende da saúde da pessoa. Por isso, antes do exame é realizada uma análise do histórico do paciente e das especificações do especialista que fez a solicitação do teste.

 

Após isso, ele deve ser acompanhado por um médico especialista neste tipo de exame e equipe técnica devidamente preparada para a realização do procedimento e também para agirem casos de emergência.

 

A partir daí, são definidas as etapas do exercício e a intensidade do esforço. O tempo de preparação para o exame dura em média 20 minutos e o período no exercício 13 minutos. O médico aplica eletrodos no corpo do paciente, que sobe na esteira e começa a andar. Em séries de alguns minutos, a intensidade e a inclinação do aparelho aumentam. Ou seja, a intensidade da atividade física é elevada de forma gradativa, mas sempre com cuidado para ser adaptada à vontade do paciente. 

 

O médico observa e anota quaisquer sinais e sintomas frente ao esforço realizado durante o exame, como palidez, tontura, estafa física e dispnéia.


 

Doenças que podem ser diagnosticadas pelo teste ergométrico

 

Como citamos no início desta matéria, o teste ergométrico ajuda a identificar algumas doenças e esse diagnóstico precoce é muito importante para saúde do paciente, pois garante efetividade do tratamento. Confira as 5 principais doenças identificadas pelo exame:

 

1. Coronariopatia:

É uma doença nas artérias coronárias, caracterizada pelo entupimento delas com gordura. Isso faz com que as artérias coronárias se estreitem, limitando o fluxo sanguíneo para o coração. A doença pode causar dores no peito e ataque cardíaco.

 

2. Hipertensão arterial sistêmica:

Mesmo que não seja evidenciada em repouso, a hipertensão pode ser identificada no teste de esforço. Se os valores registrados ultrapassam os de protocolos durante o exame, há indicação de que o paciente é hipertenso ou pré-hipertenso. Sendo pré-hipertenso, o paciente com valores de pressão considerados dentro dos limites de normalidade, mas que corre o risco de desenvolver hipertensão arterial sistêmica em breve.

 

3. Arritmias:

É uma condição caracterizada pela falta de ritmo nos batimentos do coração, seja irregular, acelerada ou muito lenta. Há casos em que o paciente percebe, por exemplo, que o coração acelera durante o esforço físico, mas nada acontece em repouso.

 

4. Insuficiência cardíaca

Ela ocorre quando o coração não consegue bombear sangue (sistólica) ou encher-se de sangue (diastólica) adequadamente para suprir as necessidades do organismo. Geralmente, a patologia é silenciosa e diagnosticada apenas quando a saúde do paciente já está bastante comprometida, por isso é tão importante o diagnóstico precoce.

 

5. Avaliação da função pulmonar

Esse exame une a avaliação da função pulmonar e função cardiovascular. É possível ter o diagnóstico de asma e o grau de insuficiência cardíaca para indicação de transplante do coração.

 

A avaliação cardiológica junto ao teste de esforço é importante!

 

Apesar do teste ergométrico não ser um exame tão simples para o paciente realizar, já que necessita de esforço físico, ele é muito importante para manter a saúde do coração em dia, diagnosticando doenças antecipadamente e garantindo o melhor prognóstico.

 

Além disso, o paciente não precisa se preocupar, pois o teste é realizado na companhia de médicos especializados, o que garante a segurança durante todo o exame. 

 

Aqui no Boris Berenstein, você pode agendar seus exames e ter garantia de atendimento humanizado, além de agilidade nos resultados. Conte conosco sempre!

 

O que falam sobre o
Boris Berenstein?

O centro de disgnóstico Boris Berenstein é lembrado e premiado por vários anos consecutivos em primeiro lugar nas pesquisas de marcas mais lembradas na categoria diagnóstico por imagem.

Thiago Pedrosa
Olinda

"Completo, excelentes profissionais e atendimento diferenciado! Sem dúvidas melhor centro do Estado!"

Mario Peres
Olinda

"Atendimento sem igual, cuidado e atenção a todos os pacientes!"

Rosymary Câmara
Olinda

Recomendo. Boris é tudo de bom. No segmento saúde em Pernambuco.

Blog do Boris

Conheça as 8 modalidades de exames de imagem Ler mais
Doação de sangue: saiba porque esse ato é tão importante Ler mais

O Centro de Diagnóstico Boris Berenstein garante que os dados pessoais fornecidos pelo cliente nunca serão repassados a terceiros e nem utilizados sem sua prévia autorização, a não ser que requeridos por lei. Os conteúdos serão publicados e validados internamente por profissionais da Centro de Diagnóstico Boris Berenstein. Porém, somente sua leitura não dispensa a busca por orientação médica. A informação recolhida por meio de cookies da ferramenta Analytics fica armazenada para utilização exclusiva do Centro de Diagnóstico Boris Berenstein, com o objetivo de acompanhar as interações dos usuários e aprimorar este canal de comunicação.

O Centro de Diagnóstico Boris Berenstein garante que os dados pessoais fornecidos pelo cliente nunca serão repassados a terceiros e nem utilizados sem sua prévia autorização, a não ser que requeridos por lei. Os conteúdos serão publicados e validados internamente por profissionais da Centro de Diagnóstico Boris Berenstein. Porém, somente sua leitura não dispensa a busca por orientação médica. A informação recolhida por meio de cookies da ferramenta Analytics fica armazenada para utilização exclusiva do Centro de Diagnóstico Boris Berenstein, com o objetivo de acompanhar as interações dos usuários e aprimorar este canal de comunicação.

App Boris Berenstein